fbpx

Um brinde ao vinho

Um brinde ao vinho

Na medida certa, o vinho pode trazer diversos benefícios à saúde com muito sabor.

Se o álcool pode causar 60 tipos de doenças, o que faz o vinho ser considerado saudável? Isso se deve principalmente aos diversos antioxidantes encontrados na bebida. Entre eles o resveratrol, presente na casca da uva tinta, além de minerais e outras substâncias que estão na polpa. O resveratrol atua sobretudo nos vasos sanguíneos, evitando a formação de placas de gordura e flexibilizando as artérias, o que ajuda a prevenir ataques cardíacos e AVC´s.

Ainda não foi comprovado que o vinho garante a juventude por mais tempo, mas há boas evidências de que reduz o risco do desenvolvimento de demências, como a doença de Alzheimer. Também ajuda as mulheres na menopausa, prevenindo o enfraquecimento dos ossos e a osteoporose.

Uma pesquisa da Universidade de São Paulo analisou 666 rótulos da América do Sul em 2013. O resultado foi que os tipos de uva com maiores quantidades de compostos benéficos para a saúde foram, em ordem decrescente, tannat, malbec, merlot, cabernet sauvignon e syrah. Esaas qualidades foram encontradas em vinhos a partir de U$ 15 (+- R$ 45,00).

Para que a ação de substâncias boas não seja ofuscada pelo efeito nocivo do álcool, o consumo deve ser moderado. Isso significa uma taça para mulheres e duas taças para homens, por dia. A recomendação não vale se a pessoa tiver doenças no fígado ou no estômago e altas taxas de triglicérides.

FONTE: REVISTA SAÚDE É VITAL – ED. 416
Tags:
,